Notícias sobre BBB

High-ranking guests appreciate the benefits of LiDAR for the wind industry in Brazil | 07.2015

Inauguration of BBB’s Wind Energy Research Project in Brazil

With a ceremony on the premises of São Paulo University in late May, the project kick-off for the wind measurement technology verification and research site was celebrated. The event was organized by the German technical consultancy BBB Umwelttechnik GmbH (BBB) and the Institute for Energy and Environmental Engineering (IEE), who are implementing the project and will jointly use the site in the future.

» leia mais

The aim of the project, which was launched by the German Energy Agency (dena) and supported by the Federal Ministry of Economy is to strengthen the knowledge and technology transfer in the field of renewable energies. The German Deputy Consul General in São Paulo, Uwe Heye, attended the event and highlighted in his speech the particular importance of renewable energies in the fight against global warming.

On behalf of the University of São Paulo and the IEE Professor Dr. Colombo Tassinari and the coordinator of the project, Professor Dr. Eliane Fadigas, adressed the importance of research on modern light and sound-based wind measurement methods (LiDAR and SoDAR). The university is estimated in Brazil as the most advanced research facility also in the field of renewable energies. From their point of view the know-how transfer associated with the project - BBB staff already held practical study seminars - is an important contribution to the building of a wind power competence cluster at the University.

The share which laser-based measurement methods can contribute to increase the efficiency in wind energy generation, was eventually described by BBB’s wind energy specialists. Klaus Bergmann, CEO of BBB in Germany, and Afonso Pacheco, head of the BBB office in São José dos Campos, described the effects of risk mitigation and project value increase achieved through the use of LiDAR technology. This is particularly important in Brazil, where wind energy project development is subject to enormous cost pressures. For the completion of the verification and research site the installation of a 100-meter met mast to be used as a reference system is still missing. It is supposed to be implemented during the year. Only then the research on remote sensing techniques and the commercial use of the site will entirety be set in motion. More information about the project and its progress is available on the specially launched website at www.bbb-do-brasil.com.

Equipe da filial local divulga serviços especializados em Energia Eólica

BBB participa da BRAZIL WINDPOWER 2015

Pela segunda vez consecutiva, os especialistas em energia eólica da BBB expusaram no evento Brazil WindPower. Nesta edição, a consultoria de engenharia com sede na Alemanha apresentou-se pela sua nova afiliada local, a BBB Energias Renováveis.

» leia mais

Desde janeiro, o escritório local da BBB em São José dos Campos está operando de forma independente sob a gestão do Sr. Afonso Pacheco. Tal fato foi recebido de forma muito positiva por diversos clientes e contatos na feira de negócios, porque facilita a contratação de serviços da BBB para os players locais.

Em complemento, a BBB apresentou destaques do projeto de pesquisa que é realizado em cooperação com o Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo e visa a implementação de um site de verificação de dispositivos de sensoriamento remoto para medição de vento (ex: LiDAR/SoDAR).

No evento, o maior foco de interesse do público foi direcionado para aplicações do LiDAR, serviços de Due Diligence Técnica e outros relacionados com operação de parques eólicos, onde a equipe local pode fornecer maiores informações sobre os serviços e os benefícios que estes geram aos clientes.

Notícias e Informação sobre as atividades do BBB no Brasil

Novo website sobre o Projeto Brasil da BBB

O desenvolvimento do campo de teste de verificação e pesquisa para Dispositivos de Sensoriamento Remoto nas instalações da Universidade de São Paulo está progredindo: o sistema de medição LiDAR foi instalado, os funcionários de BBB realizaram três semanas de seminários no Instituto de Energia e Meio Ambiente (IEE) e em breve um mastro de medição será instalada no local. Esses desenvolvimentos, mais detalhes sobre o projeto e os serviços oferecidos pelo escritório da filial da BBB no Brasil estão agora disponíveis na internet em www.bbb-do-brasil.com.

» leia mais

No ano passado a BBB qualificou-se no Programa de Soluções de Energia Renovável dena, que é coordenado pelo Deutsche Energie-Agentur (dena) - a Agência Alemã de Energia, para a concepção do Campo de teste. O programa do dena visa promover projetos de transferência de know-how e de tecnologia no âmbito da iniciativa "renováveis - Made in Germany" e com o apoio financeiro concedido pelo Ministério Federal Alemão da Economia e da Energia (BMWi). A abertura da filial BBB em São José dos Campos, em 2014, foi planejado por muito tempo antes e independentemente do projeto. No entanto, para sua realização, a presença contínua do pessoal de BBB é altamente benéfica.

Além do projeto e dos parceiros que apoiam a sua implementação, o novo website também apresenta os serviços relacionados com o projeto que são oferecidos pela filial Brasileira do BBB. Trata-se, principalmente, de serviços na área de negócio de avaliação do recursos eólicos - informações sobre outros serviços nas áreas de planejamento, engenharia e due diligence técnica estão disponíveis no site principal da BBB: www.bbb-umwelt.com.

Afonso Pacheco apresenta o Projeto LiDAR no Brasil, financiado pelo Ministério Alemão | 04.2015

BBB Energia Renováveis participará da “Windpower Tech Brazil 2015”

BBB Umwelttechnik (BBB) participará da quarta edição da “Windpower Tech Brazil”, que acontecerá nos dias 16 e 17 de abril no Hotel Golden Tulip Belas Artes em São Paulo. A conferência tem foco em desafios práticos no desenvolvimento e operação de projetos de energia eólica no ambiente de Mercado do Brasil, incluindo questões de project financing. Consequentemente, contará com apresentações de estudos de casos e discussões sobre problemas concretos e soluções disponíveis.

» leia mais

“Este é um local ideal para a promoção das vantagens da aplicação da tecnologia LiDAR e do projeto – Renewable Energy Solutions– estruturado entre a empresa e a agência alemã Dena e executado em parceria com a USP”, ressalta Afonso Pacheco, diretor executivo da BBB Energia Renováveis, filial da empresa alemã no Brasil com escritório em São José dos Campos-SP. “O conhecimento adquirido através da aplicação sistemática da tecnologia LiDAR pode decisivamente melhorar o projeto dos parques eólicos”, explica Pacheco, também se referindo ao efeito positivo da utilização de dados confiáveis de vento para o cálculo da estimativa de produção de energia: “O que significantemente facilita a cooperação com os bancos em relação ao project financing”. Estas evidências serão ilustradas na palestra que o diretor irá apresentar na conferência.

Sistemas a laser LiDAR (Light Detection And Ranging) representam o estado-da-arte dos dispositivos de sensoriamento remoto e das tecnologias de medição de vento. Comparado com o método de medição tradicional, anemômetros de copo instalados em torres de medições, o LiDAR apresenta diversas vantagens, entre elas, o fato desses dispositivos poderem facilmente ser deslocados pela área do projeto e não precisarem de permissões específicas para uso (ex. Comando Aéreo Regional). Diferente das torres de medição, que geralmente não possuem mesma altura do cubo da turbina planejada, o LiDAR possibilita a medição em várias alturas (até 200m), cobrindo toda área da projeção das pás do rotor e, dessa forma, permitindo predições mais confiáveis sobre o potencial eólico. Na Alemanha, a BBB faz parte da vanguarda na aplicação dessa tecnologia em medições de vento e foi a primeira empresa certificada para realização de campanhas de medição com esta tecnologia.

O projeto “Renewable Energy Solutions”, executado em cooperação com o Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo (IEE-USP), contempla a implementação de um campo de teste no estado de São Paulo para estudos e pesquisas utilizando dispositivos de sensoriamento remoto. O desenvolvimento do site é essencial para a aplicação da tecnologia LiDAR, porque permitirá verificar o desempenho da medição por esse tipo de dispositivo contra a realizada por uma torre de medição científica, antes e depois de cada campanha de medição. O projeto faz parte do programa mundial da agencia de alemã de energia “Dena (Deutsche Energie-Agentur)” e é co-financiado pelo Ministério Federal Alemão para Assuntos Econômicos e Energia (BMWi).

O desenvolvimento do campo de teste está em pleno progresso, com previsão de finalização ainda neste ano. Como parte do escopo do projeto, o campo de teste também será utilizado para pesquisas científicas, onde os especialistas da BBB promoverão seminários e treinamentos para capacitação de pesquisadores e estudantes do IEE-USP, que criou um departamento de energia eólica para pesquisa e formação de profissionais com vistas ao atendimento da demanda da indústria eólica nacional.

» Event homepage "Windpower Tech Brazil 2015"

Consultoria de energia eólica vai desenvolver campo de teste e pesquisa | 02.2015

Ministério alemão apoia projeto de sensoriamento remoto da BBB no Brasil

Disseminar tecnologia a laser de medição do vento no mercado brasileiro e implementar um campo de teste para aparelhos sensoriamento remoto são as metas do projeto com o qual a BBB Umwelttechnik GmbH (BBB) qualificou-se para a inclusão no "Programa dena de Soluções de Energia Renovável". O programa é apoiado pelo Ministério Federal dos Assuntos Econômicos e Energia e visa promover financeiramente as empresas alemãs na abertura de novos mercados e facilitar a transferência de tecnologia e know-how.

» leia mais

A ideia básica do projeto da BBB é o desenvolvimento de um campo de teste, em cooperação com a Universidade de São Paulo, que poderá ser usada tanto para pesquisas científicas como para fins comerciais. Para esta finalidade, uma torre meteorológica e um dispositivo de medição de sensoriamento remoto deverão ser instaladas na área. O professor Ildo Sauer, diretor do Instituto de Energia e Meio Ambiente–USP, apoiou vigorosamente a ideia do projeto. No Instituto, Sauer está implementando um departamento de pesquisa em energia eólica para o desenvolvimento técnico-científico de estudantes e pesquisadores e atendimento das demandas do setor eólico brasileiro.

Sistemas LiDAR (Light Detection And Ranging) a laser representam a última geração em termos de tecnologia de medição eólica. Comparados ao método tradicional, com anemômetros de copo instalados nas torres meteorológicas, eles fornecem diversas vantagens: enquanto possuem a mesma precisão, os sistemas LiDAR podem facilmente ser deslocados pela área do projeto e não precisam de permissões específicas para uso (ex. Comando Aéreo Regional). Entretanto, para garantir aquisição confiável de dados por meios de um aparelho de sensoriamento remoto, eles precisam ser verificados em relação aos dados da torre meteorológica antes e depois de cada campanha de medição. O campo de teste será usado para este propósito, dentre outros.

A BBB, que na Alemanha possui 30 empregados e recentemente abriu um escritório em São José dos Campos-SP, utiliza a tecnologia LiDAR desde 2011. Com seis dispositivos próprios e gerenciando de terceiros ela é a maior especialista desta tecnologia na Alemanha. Esta expertise deverá ser agora apresentada ao mercado brasileiro e forma a base do projeto. A BBB fará palestras na universidade para convidados e desenvolverá projetos de pesquisa aplicada. Além disso, um trabalho pioneiro será feito para o desenvolvimento de normas e padrões no Brasil, na área de avaliação de recursos eólicos.

08.2014

As medições de vento combinadas são a chave para aumentar a produtividade e valor do projeto

A eletricidade gerada pelo vento é globalmente exposta a uma pressão de custos crescentes. Como consequência disso, a principal preocupação de cada desenvolvedor e operador deve ser a busca de oportunidades para explorar totalmente potencialidades do projecto.

» leia mais

Mas uma vez que as lâminas da turbina estão girando, as possibilidades de otimização ficam restritas ao ajuste fino técnico do controle de guinada ou outros componentes e estratégias de atendimento inteligente e de manutenção para a melhoria da disponibilidade técnica das turbinas. No entanto, os maiores potenciais para aumentar a produtividade e os lucros de um projeto de energia eólica estão localizados muito antes da montagem das turbinas, no início da fase de desenvolvimento.

Adquirir um conhecimento detalhado das condições de vento do site do projeto parece ser a verdadeira chave para a descoberta das soluções mais eficientes. E os mais recentes desenvolvimentos técnicos, ou seja, a evolução dos dispositivos altamente precisos e flexíveis de sensoriamento remoto (RSD), como a tecnologia LiDAR ( Light Detection And Ranging), abre novas possibilidades para criar uma imagem completa do potencial informativo do site do projeto.

Tradicionalmente, a velocidade e direção do vento são medidas com tecnologia mecânica do sensor, como anemômetros e cataventos em mastros meteorológicos. De acordo com as normas internacionais, esses mastros têm, pelo menos, dois terços da altura do hub. Para previsões sobre o perfil de vento das extrapolações de toda a area varrida do rotor são necessários - um método que implique um grau significativo de incerteza. O mesmo vale para as previsões sobre a velocidade do vento em outras áreas de sites de projetos maiores, especialmente em terrenos complexos.

O layout ideal eólico

O alvo deve ser o de minimizar essas incertezas, a fim de ser capaz de encontrar a solução ideal no que diz respeito às especificações da turbina e layout do site: conhecer os melhores locais para as turbinas pode aumentar significativamente os rendimentos de um projeto, especialmente quando multiplicado pelos supostos vinte anos de operação. No entanto, o desempenho das turbinas eólicas é não só refletido pela produção de energia, mas também pela robustez da tecnologia. O conhecimento detalhado dos parâmetros meteorológicos permite projetar e selecionar a tecnologia de turbinas mais adequada. Por essas razões, o state-of-the-art na avaliação dos recursos eólicos implica o uso da tecnologia LiDAR ao lado de mastros tradicionais. Sistemas recentes LiDAR permitem medições de vento em várias alturas e até 200 metros, proporcionando resultados altamente confiáveis comparáveis ao de anemometria de primeira classe. Na prática diária, a vantagem de RSDs é a sua mobilidade. Especialistas europeus de recursos eólicos, como o consultor de engenharia internacional da BBB Umwelttechnik, instalam suas unidades LiDAR em reboques compactos que são equipados com células fotovoltaicas e de combustíveis que permitem a operação, mesmo nas áreas mais remotas.

Aumento do valor p

Outra vantagem muito importante na utilização de tecnologia LiDAR, especialmente em combinação com a anemometria, é que ela pode elevar significativamente o valor p. Nas avaliações de rendimento de energia, o valor p descreve a probabilidade de corresponder ou exceder os rendimentos energéticos calculados. Um valor p-50 descreve uma probabilidade de 50 por cento que a hipótese é verdadeira.

Para as transações financeiras, o valor p-90 é a referência mais importante. Este valor é fortemente influenciado por incertezas: quanto maiores as incertezas, menor o valor p-90. No gráfico (Figura 2), ainfluência de uma medição adicional LiDAR ao longo de uma medição de mastro no valor de p-90 é particularmente notável. Com o mastro met sozinho, fica em 56,4 GWh/a, enquanto que uma medida combinada eleva a 60,7 GWh/a. Neste cálculo exemplar, a diferença equivale a 7,7 por cento de aumento da taxa de rendimento. Economicamente, esta se correlaciona com um aumento de projeto TIR de cerca de 5 por cento.

Assim, seja o objetivo final o de encontrar o layout do projeto ideal ou de otimizar o seu projeto para uma transação financeira – as medições de vento de alta qualidade são potencialmente a marca mais valiosa no caminho para o sucesso.

Desenvolvimento de um campo de teste para a tecnologia de medição de vento LiDAR no Brasil | 12.2013

Cooperação Técnica entre USP e Engenharia Alemã BBB

O Professor Ido Sauer, diretor do Instituto de Energia e Meio Ambiente (IEE) da Universidade de São Paulo (USP), e Klaus Bergmann, diretor da BBB Umwelttechnik GMbH (BBB) assinaram a intenção de desenvolverem em parceria um campo de teste para verificação de da-dos de medição de vento do LiDAR no Brasil. Prof. Sauer, ex-diretor da Petrobras, possui grande reputação na academia Brasileira. Ele participou como consultor da reestruturação do setor elétrico brasileiro e é reconhecido como um dos grandes promotores de energia renovável no Brasil.

» leia mais

O acordo está relacionado ao plano do IEE de criar um centro de referência de pesquisa em energia eólica. Os objetivos expressados na carta de intenção referem-se a pesquisa sobre medição de vento com emprego de tecnologia à laser, sua introdução no mercado brasileiro e o outros desenvolvimentos tecnológicos em energia eólica.

A experiência prática que a BBB vem adquirindo com essa nova tecnologia, de grande conhecimento entre peritos no assunto, será fundamental para planejar e implementar o site de teste de acordo com as normas vigentes. Além disso, os profissionais especializados em recursos eólicos da BBB irão passar sua expertise aos estudantes e pesquisadores, além de participar em projetos de pesquisa e desenvolvimento.

A BBB planeja expandir suas atividades na América do Sul e visa aumentar seu reconhecimento na indústria eólica brasileira. O grande reconhecimento da engenharia alemã no Brasil ajudará a estabelecer padrões para a determinação de recursos eólicos seguindo o modelo alemão e a alcançar uma maior penetração da tecnologia de medição de vento LiDAR.

O Brasil é um dos mercados mais promissores em energia eólica do Mundo. Devido ao crescimento econômico dos recentes anos e a vocação natural do país, o governo planeja aumentar a capacidade instalada através da diversificação em fontes renováveis, onde a energia eólica terá um papel fundamental. Atualmente cerca de 3.4 GW nominal de energia eólica estão instalados no Brasil. O plano nacional de energia tem como meta 16 GW de capacidade instalada até 2021.